O Ensino / Os 7 Princípios

7 princípios

Como referimos na página inicial do nosso website, pedimos-lhe que não creia em nada daquilo que lhe dizemos aqui, a não ser que antes o tenha comprovado por si mesmo através da prática, isto é o que chamamos Filosofia Operativa.

O convidamos a que os 7 Princípios que lhe apresentamos neste capítulo, os pratique além de os ler. Convidamo-lo a observar a realidade que o rodeia com novos olhos, e a compará-la com os pontos que expomos de seguida. E, se algo não lhe parecer “lógico”, por favor, não o acredite. Ou melhor ainda, propomos-lhe que “congele” a sua opinião àcerca desse ponto por algum tempo. Depois, retome-o e “descongele” a opinião que teve e volte a opinar novamente. Provavelmente nesse momento terá mais elementos da sua observação, e qualquer que seja a sua nova opinião será mais acertada.

A Filosofia Hermética é uma arte viva baseada em princípios eternos: sete Leis que marcam a existência do homem e do universo, cujo conhecimento e compreensão abre a possibilidade de encontrar uma resposta a perguntas que todos nós temos feito àcerca da vida, do universo e do sentido da existência.

O estudante que observe com atenção, terá a oportunidade de conseguir uma compreensão prática e profunda da vida; a perspectiva do mundo e dos acontecimentos torna-se mais clara, a pessoa faz-se mais eficiente na arte de viver e adquire uma maior habilidade para desfrutar e aproveitar a vida, para ser efectivo nas relações com os outros, para ter êxito nos seus projectos e para compreender-se a si mesmo.

A partir da compreensão dos 7 Princípios Herméticos, adquirem também um novo sentido outros conceitos, tais como a consciência, o auto-conhecimento, a utilização da energia, a comunicação com os outros e o significado da verdadeira moralidade.

Os 7 Princípios ou Leis da Natureza

1. O Princípio da Mente

"Tudo é mente, o Universo é mental.” mente

Este princípio explica que Mente é o princípio comum do Universo, energia única que é a força essencial da composição quimíca dos elementos.

2. O Princípio da Correspondência

correspondência"Como é em cima é em baixo; como é em baixo é em cima.”

Este princípio é referente à similitude ou sintonia entre os diversos planos vibratórios do universo. As mesmas leis do denso actuam no subtil, e vice-versa.

 

3. O Princípio da Vibração
"Nada está imóvel; tudo se move; tudo vibra."

Este princípio explica as diferenças entre as manifestações da matéria, a mente e o Espiríto.

4. O Princípio da Polaridade

"Tudo é duplo; tudo tem dois pólos; tudo tem o seu par de opostos: os semelhantes e os antagónicos são o mesmo; os opostos são idênticos em natureza mas diferentes em grau; os extremos tocam-se; todas as verdades são semi-verdades; todos os paradoxos podem reconciliar-se."

5. O Princípio do Ritmo

"Tudo flui e reflui, tudo sobe e desce; a oscilação pendular manifesta-se em todas as coisas; a medida do movimento para a direita é a mesma que a da oscilação para a esquerda; o ritmo é a compensação.”

6. O Princípio de Causa e Efeito

"Toda a causa tem um efeito; todo o efeito tem a sua causa; tudo ocorre de acordo com a lei. Azar não é mais do que o nome que se dá a uma lei desconhecida; há muitos planos de casuaidade, mas nenhum escapa à lei.”

7. O Princípio do Género

"O género está em tudo; tem os seus princípios masculino e feminino; o género manifesta-se em todos os planos.”

Género é o impulso da vida, que não se pode originar nem manter sem a presença do pólo positivo e negativo.

Imprimir
 
Enviar a um amigo
Otimizada para 1024x768, para Internet Explorer 7.0 em Windows, Safari 4.0 em Mac e em Windows, e Mozilla Firefox 3.0 em Windows, ou superiores.